Obrigada pela sua presença no Blog do Mãos Que Curam!

Obrigada pela sua presença no Blog do Mãos Que Curam!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

As coisas ficam esquecidas até o momento certo...


Atendendo uma paciente, ela acessou sua programação, ou seja, o que nasceu para fazer aqui e de presente, acessou também, o acordo que houvera feito com o parceiro amoroso, futuro marido.
Lembrei muito de um trecho lindo da música do Legião Urbana: "... Enquanto a vida vai e vem você procura achar alguém que um dia possa lhe dizer, quero ficar só com você... Quem inventou o amor, me explica por favor"...
Sim, seria muito bom um amansa burro, uma bula, uma fórmula, mas... A única coisa que temos para saber lidar com esta busca é a programação interna, o registro inconsciente do que programamos e que só poderá ser acessado por seu dono, de forma consciente, se for chegada a hora, se ele está realmente disposto a alinhar - se com o planejado...
Você já parou para refletir que talvez seja você que combinou ser encontrada (o)? Que talvez precise relaxar e deixar que este alguém se movimente e te reencontre?
Ficar procurando obsessivamente este " alguém " pode estar interferindo na programação... As vezes, talvez, você tenha de parar de procurar, de verdade, nada de tentar enganar o Universo, e simplesmente dar o comando: - Estou aqui, fazendo minha parte, sendo pra mim, a companhia que sempre sonhei, quando você estiver pronto, venha encontrar - me.
Simples assim. Quem procura manda para o Universo o comando de falta, de ausência e o Uni vai responder com ausência. Então, bora relaxar, ser grato pelo Bem Amado (a) que está a caminho e no meio tempo, construir em si mesmo, a melhor companhia do mundo!!

A carência nos coloca em situações "justas"...


Antes de decidir ou colocar a responsabilidade no outro, pessoas inteligentes emocionalmente, procuram dentro de si para saber por que pensam o que pensam e sentem o que sentem. Em vez de buscar no outro, pessoas inteligentes emocionalmente, olham para dentro de si, porque sabem que as travas emocionais cada um impõe a si mesmo. Não pedem ao outro que mude, investigam - se elas mesmas porque seu desejo é a melhora contínua e o crescimento.
Se você vive a projeção, colocar a responsabilidade no seu parceiro (a), cônjuge, saiba que este é o caminho mais rápido... para uma separação e pior, se ainda há ligação afetiva. Traga a responsabilidade de suas escolhas para você. Você está onde está, fazendo o que está fazendo, com quem está, por escolha sua. Aja condizente com o que você sabe que é melhor para você e não para sua carência afetiva.

O que os filhos nasceram para aprender?


Queridos pais, filhos não vem ao mundo terreno somente para ser ensinados a estudar intelectualmente, para serem moldados a ganhar dinheiro, ter bens materiais, segurança financeira, um bom plano de saúde, roupas de marca e aparelhos de comunicação de alta tecnologia... Filhos vem ao mundo através de sua paternidade e maternidade para serem instruídos no autoconhecimento. Tenho deparado- me em consultório com bebês rotulados e medicados sem necessidade, devido a transtornos bipolares, deficit de atenção, comportamento... E adolescentes lindos... Gurizada jovem que é enviada ao meu trabalho e que oriento com franqueza e simplicidade... Mas ao sentar com você, pai, mãe, não obtemos o resultado desejado ao reequilíbrio deste ser de sua responsabilidade. Estou falando aqui, especificamente, da enxurrada de meninos e meninas que não possuem distúrbios orgânicos e sim, psíquicos e espirituais, e por isto, são trazidos aqui.
Não adianta investir em consultas psicoterápicas, Reiki, Regressão, se não levam as orientações a sério.
Estes jovens precisam de cursos de autoconhecimento, sim, existem cursos para isto e eu também, como tantos profissionais, os ministro. Quando seu filho não sabe ler, você o envia a escola, quando quer uma formação profissional específica você o matrícula na área desejada, quando está com dor física, leva - o ao médico... Quando seu filho está perturbado, sugado, com medo, um zumbi ambulante, ouvindo e vendo coisas, usando excesso de consumo, é hora de leva- lo a um local onde ele vai aprender a organizar a mente bagunçada.
Vou te dizer o que digo ao meu filho: - Tu não quer tal coisa? Tudo bem, respeito. Mas quando esta tal coisa envolve tua segurança emocional e mental e é a base para o adulto que será amanhã, tu não tem querer. Eu decido. Te dou a base da busca por equilíbrio e autoconhecimento, o que você, meu filho, vai fazer com isto, é problema seu. Minha parte é ser consciente, firme com você.
Pai, mãe, chega de tapar o sol do amanhã, do seu filho, deixando ele sem orientação sobre quem ele é, sobre o que o ataca e sobre quem ele tem potencialidade para vir a ser.
E você pode viajar nesta estrada de autoconhecimento com seus filhos, só conseguimos ajudar o outro, quando nos ajudamos.
Desejo a vocês a mais linda estrada, juntos, reacendendo a força deste laço de firmeza, consciência e amor que devem manter na estrada do autoconhecimento.

O que você vai fazer com o que ficou aí dentro?


#coaching #para #mulheres

Quando você começar a vivenciar a aceitação de que, quem realmente te quer na vida dele, vai te colocar lá, sem você precisar fazer esforço algum para isto... Você vai parar de perder tempo sofrendo, se esforçando e muitas vezes, se humilhando. Quem te quer acha um jeito todo especial e simples de te ter, sem "mas"... Quem não sabe o que quer, sempre tem uma desculpa, uma escapatória. Aceite, trabalhe a aceitação de que, se você tem o direito de escolher por quem envolver- se, as outras pessoas também o tem.
Siga em frente sem vitimização e insistências que acabam te colocando em saias justas.
O problema criatura, não é você, o seu corpo, o seu beijo. Se ele quer continuar sendo sapo, faça um favor a si mesma, viva intensamente até criar juízo e sintonizar na energia de atração de quem foi feito pra você.
Aceite os sinais que vem do outro e não diga que não notou que não iria dar certo. As vezes há um incêndio acenando e você simplesmente se faz de louca desentendida. É simples, aceite o que está estampado na sua frente e pare de ficar choramingando por este Pateta, quando há tantos Plutos lindos por aí te querendo e prontos para te deixar ainda mais feliz!!
Cansa esta choradeira, as pessoas cansam desta ladainha, todo mundo anda querendo te sacudir pra ver se você acorda, faça um favor, acorda para as coisas boas que estão esperando por você.
Obs: Serve para os meninos também.


Mais uma vez vou te questionar: Acabou?? E aí, vai ficar curtindo a dor da perda e da saudade ou vai aproveitar as delícias da solteirisse ??

Abençoados sejam os corações flexíveis, pois nunca serão partidos...


Voltei de uma regressão de memória, agora, muito emocionada e se eu pudesse te dar um último conselho, talvez você não o queira, mas eu vou ter dar... Case -se, more, namore, viva, junte as escovas de dente com alguém que te olhe nos olhos, alguém que seja tão verdadeiro, que sustente teu olhar e que ambos, desnudem a alma um do outro, com o simples gesto de olhar - se, sem pressa, sem culpa, sem máscaras... Alguém que você sinta um tesão enorme de passar horas, madrugadas, anos conversando sem se cansar. Que te excite pelo simples fato de você escutar ou imaginar o timbre da voz desta pessoa... Alguém cara, que por mais que o corpo sexual deixe de responder com a idade, você se sinta vivo, com os olhos marejados de admiração por esta criatura. Por que meu Bem, o fogo do corpo um dia apaga, o tesão físico cessa, cansa com as décadas, as brigas esmorecem e a atração da paixão inicial diminui para dar espaço a energia do amor, muito mais calma e centrada.
Dedique sua vida, se este é teu sonho, a alguém que vai te fazer rir durante uma briga insana ou boba, a alguém que com o passar dos anos, sem sexo, sem força, sem tesão físico pela idade, te faça sentir vivo apenas ao escutar seu timbre de voz e seu papo delicioso... Por que tudo acaba, mas a amizade que o amor constrói com longas conversas e silêncios sem culpa, ninguém é capaz de apagar dentro de quem um dia, escolheu alguém por admiração e respeito e não por química e capricho bobo.

Sua decisão é a chave...


Pergunta errada: - Porque isto acontece comigo?
Pergunta certa: - O que preciso aprender com isto?
Faça a pergunta certa e a resposta mudará a forma como você se comporta perante o ‪#‎problema‬.
O "problema", não é o "problema", o problema é a forma como você se comporta no trato com isto.

Eu sei que doeu e ainda dói... Mas você precisa criar coragem e mudar sua frequência...


Por mais que tenha te machucado, por mais que tenha te ferido, adoecido de paixão, mesmo que tenha sido alguém ou algo a te ferir... Por mais que talvez, você tenha feito algo que hoje sinta culpa... Cada vez que recordar aquele rosto, aquele momento, aquele acontecimento... Envie todo seu amor e toda sua luz, e continue enviando sempre que voltar à sua lembrança... Até o dia em que a dor e a mágoa será substituída pelo perdão. E então esqueça, volte a sua rotina... ...E quando tudo voltar a sua mente, repita a decisão de enviar sua luz e seu amor... Neste dia, você estará livre para partir, não no dia que o perdão chegar, pois ele está em ti, sempre esteve, mas no dia desta nova decisão você poderá ser livre de si mesmo, no dia em que desistir da dor somente, e envidar esforços para mandar luz.
Neste dia, você tomou uma nova decisão e então, todo o Universo vai conspirar a favor desta decisão.
Não ignore as sensações internas, elas são seu farol e te indicam que tipo de energia você está alimentando... Tapar a dor com uma peneira só vai fazer a dor te seguir...

Alinhe - se com o que você deseja... E os milagres acontecem!!


‪#‎coaching‬ ‪#‎para‬ ‪#‎mulheres‬


Para você obter o que deseja, sem delinear um longo espaço de tempo, despendido entre querer, dispersar - se e sofrer, você precisa alinhar este desejo, seu estado emocional, o qual vai ditar se você obtém recursos internos para alcançar e a ação para realização do intento.

Vou te dar um conselho, sim, eu acredito que orientação é sempre bem vinda: - Não deixe para depois o que você percebe que precisa mudar AGORA!! É seu foco nesta percepção que o levará a conquistar o que você deseja. Eu obtenho esta mudança meditando, você pode descobrir seu meio de fazer isto. A ajuda de um profissional em certos momentos, até você conseguir seguir só, é sempre bem vinda!
Meditar não requer horas, as vezes, o simples fato de você parar 10 minutos somente com você, já te ajuda a perceber onde deve acontecer o ajuste EMOCIONAL que está te impossibilitando de chegar onde deseja.
Descobri que a grande diferença entre pessoas, está no comportamento de destravar as portas de dentro para fora e não o contrário. Meditar faz isto!!
A meditação me proporcionou esta maturidade e paciência. Enquanto a grande maioria desespera - se e empaca tentando achar meios externos, aqui fora, quem medita, quem fica um tempo de qualidade consigo mesmo, obtém rapidamente recursos internos verdadeiros, os quais são imprescindíveis para obtenção de sonhos, metas, desejos...
Alinhe - se com você mesmo, aí dentro e os milagres vão começar a acontecer na sua vida, aqui fora!!

Sofrer em doses homeopáticas...


‪#‎coaching‬ ‪#‎para‬ ‪#‎mulheres‬
Sofrer em doses homeopáticas por algo ou alguém, é a pior e mais perigosa decisão que você pode decidir deixar seu inconsciente envergar. Seja tudo ou nada, estimule sua inteligência emocional, resolva agora coisas que podem entravar seu crescimento emocional, pois é este ‪#‎corpo‬, o emocional, que dita as regras de onde você vai e com que velocidade. Não se engane, seu mental seu racional, só está aí como coadjuvante. Enquanto você não fizer as pazes com suas emoções... Nada feito, nada de coração livre, leve e solto na ‪#‎pista‬.
Se tem que chorar, berrar, espernear, se fazer de vítima, ÓTIMO, permita - se, mas se de um prazo. Esgote cada lembrança, cada saudade, cada tristeza, cada dor. Pare de se fingir de forte e jogar para baixo do tapete abarrotado. Pare de fugir, sabendo que só está mascarando. Os monstros só param de nos amedrontar quando paramos de fingir que não dói, que não há medo, quando os encaramos de frente, talvez um pouco sem jeito, mas de frente.
Tire o poder das rédeas, do seu inconsciente, ele pode aumentar o que não precisa ser aumentado e traga a responsabilidade madura para seu consciente. Você nunca, nunca vai conseguir escapar das garras de um monstro que vive ‪#‎dentro‬ de você. Pare de alimenta- lo e deixe ele morrer de fome.
Você vai surpreender- se com a coragem que você possui... E eu te garanto, um dia, você vai sorrir, de coração, para aquele monstro que você enfrentou.
Não consegue sozinho, busque suporte de um profissional que tem ferramentas para te ensinar.
Te desejo ‪#‎foco‬, quando se prioriza o #foco, tudo se cura, se realiza, se enaltece, se libera...

#Se# sentindo livre!!



Hoje eu passei pelo meu guarda - roupas e uma estranha sensação se apossou de mim. Dei meia volta e parei em frente a ele e fiquei olhando para tudo que tinha ali, não as roupas, mas as minhas crenças sobre meu corpo. Nunca fui uma mulher de muitos acessórios, roupas, calçados, pelo contrário. Também sou uma mulher que não se acha bonita, mas que convive muito bem com isto, sem neuras. Pois então, fiquei ali e observei -me, o que eu estava sentindo e pensei em todas as mulheres que são reféns de si mesmas, que não se sentem seguras com seu corpo e que são machucadas por opiniões alheias.
Em uma olhada, coloquei tudo abaixo e me dei o comando, se desfaz de tudo que te machuca e que é uma corrente dolorosa que te tortura. Chega de alimentar, mesmo que sem querer, numerações que nem ao menos tu deseja no teu corpo. Abandona "pseudas" ilusões: daqui um tempo entro nisto de novo ou, talvez eu consiga engordar um pouco para esta peça ficar legal. Não, chega!
Guardar roupas com numerações antigas nos mantém refém, escravas, interfere no se alimentar em paz, na energia que é ativada e nos faz comer mais ou de menos. O momento de curtir é agora, com o corpo de agora.
Saiamos da armadilha de ficar na tortura, com aquela roupa guardada e com esforços que não nos dão o resultado desejado. O foco tem de estar na sensação de bem estar com seu corpo, na sincronia da sua mente, emoções e ações serenas que vão te ajudar a ter o corpo desejado ou aceitação do corpo atual.
Me permiti engordar 4kg este mês... E o que vale é o que eu quero e não o que a armadilha mental torturante impinge. Estou adorando ter curvas onde eu não tinha. Passei 6 anos ininterruptos dentro de academias, me calibrando, cobrando... Chega!


Doa, se desfaz, te despede de toda crença, toda roupa guardada e que te entristece quando você abre seu guarda- roupas.
Compra roupas que te façam bem, que ao se movimentar você não precise disfarçar, envergonhada e nem andar desconfortável. Se desfaz do passado e assume o aqui e agora. Te garanto, você vai sentir - se muito melhor. Descubra o que fica lindo em você, o que te deixa o corpo e a mente livre e pare de tentar entrar em uma peça que te machuca e te faz sentir culpa ao se alimentar.
Não é a comida que te engorda ou emagrece, é a culpa que você carrega, mesmo que inconsciente.
Te desejo aceitação e foco, seja lá qual for seu objetivo. E que você siga seu coração e tenha o corpo que deseja e nunca o corpo que os demais te exigem.


se sentindo livre.

O real é invisível aos olhos...



Pode até ser que, em algum momento na busca pelo seu sonho, você tenha que buscar o que é invisível ao racional, mas completamente visível para sua intuição... Pode ser que muitas vezes você tenha de fechar os olhos para conseguir ver, respirar fundo para manter a fé... Mas não dizem que quando a gente fecha os olhos a gente consegue ir onde quiser e até voar?...

É aí que nasce a força motriz que vai te impulsionar.

Não te desejo sorte, sorte é para os que acreditam em acaso. Te desejo foco, porque eu acredito que tudo já está traçado...

‪#‎vento‬ ‪#‎norte‬ ‪#‎atender‬ ‪#‎impulsionar‬ ‪#‎almas‬ ‪#‎e‬ ‪#‎sonhos‬ ‪#‎amo‬

Decida não mais, ser pêgo (a) de surpresa!!


Você desenvolve inteligência emocional quando decide não ser pego de surpresa e esta decisão depende de você sentar com você e tomar uma decisão, uma decisão para cada situação desagradável e conflitante que vem ocorrendo com você, porque VOCÊ, vem permitindo.
Um exemplo? Se você sentasse com você e entrasse em um consenso interno sobre relações amorosas que vivem te oferecendo desculpas e te deixando em segundo plano, quando isto ocorresse na relação, ao invés de brigar ou aceitar menos do que você merece, você já estaria posicionado, sabendo, sem conflitos internos, como deve se comportar.
Quem decide internamente que não deseja este tipo de relação, NÃO ATRAI este tipo de relação. Você atrai tudo isto, porque nem mesmo você sabe o que quer ou o que é merecedor. Então, quem não tem tempo para firmar internamente o que quer, vai ter que contentar - se em ser o segundo plano dos OUTROS ou... Restos de relações que só machucam.

‪#‎senta‬ ‪#‎e‬ ‪#‎curte‬ ‪#‎um‬ ‪#‎bom‬ ‪#‎papo‬ ‪#‎com‬ ‪#‎vc‬
‪#‎depois‬ ‪#‎levanta‬ #e ‪#‎vai‬ ‪#‎fazer‬ ‪#‎a‬ ‪#‎diferença‬ ‪#‎que‬ #vc ‪#‎quer‬ ‪#‎na‬ ‪#‎sua‬‪#‎vida‬

Inteligência Emocional... Sempre!


‪#‎coach‬ ‪#‎para‬ ‪#‎mulheres‬

Você pode estar sozinho (a), mas sempre deve saber como deseja sentir - se, esta é uma certeza que deve ser construída antes de qualquer outra coisa. É quando se está só que a gente se encontra. Buscar preenchimento dentro do outro é a pior armadilha que podemos arquitetar para nós mesmos.
Acalme a mente, aprenda a conviver com você e a enfrentar - se abertamente quando quiser fugir para uma armadilha que te disperse.
Inspira e seja grato pelo presente de poder ficar a sós com você, pois a maioria vive cativa nas mãos de alguém impróprio. Relaxa e o amor acontece, e lembre - se, você atrai aquilo que habita no mais profundo do seu ser... Por isso, se não quer ficar em apuros, você precisa conhecer -se e fazer os ajustes necessários.
A solidão é um ótimo espelho para ver como nos tratamos e a partir desta constatação, você tem uma base de como vai ser tratado lá fora...

A forma com a qual você foi tratado, gera uma crença sobre como você deve se comportar...


‪#‎Coaching‬ ‪#‎para‬ ‪#‎mulheres‬ ‪#‎amo‬

Quando você estimula uma criança com gritos, agressões físicas, tortura emocional e manipulação para ela ser e fazer o que você acredita ser correto, você está estimulando uma personalidade que ao desenvolver - se como adulto, acreditará que em uma relação, é natural ser agredida, seder em manipulações, ouvir torturas e terrorismo emocional e calar - se, pois foi ensinada com exemplos, que isto é o correto. Se esta personalidade não for tratada assim na vida adulta, por alguém, ela, na maioria das vezes, vai assumir esta identidade que aprendeu com o agressor e tratará os demais desta forma, pois, foi educada nesta ‪#‎verdade‬.
Que crença interna você carrega ao acreditar que precisa ser humilhado (a), agredido fisicamente, sentir - se aterrorizado e seder ao ser manipulado? Que crença é esta que você cultiva que te faz aceitar que o marido ou alguém, faça piada com o tipo corporal que você tem? Que crença, verdade interna, você aprendeu ou criou de que merece atrair pessoas que te traiam, te ridicularizem e firam teus sentimentos?
Que crença é esta que te faz ficar nesta relação dolorosa e doentia! Que te segura em um local que teu corpo físico mostra sinais perceptíveis de doenças e você não consegue se retirar?
...Que te faz aceitar menos do que qualquer pessoa merece? Que permite que o agressor levante - se de onde está e te agrida, bata em sua face e te faça sentir culpada e ‪#‎rebelde‬?
Acredite, o culpado maior não é o agressor, mas esta crença que você alimenta, inconsciente, que você merece passar por isto.
Toda crença pode ser mapeada, desconstruída e sobre as ruínas, reconstruir uma nova crença, uma nova forma de ver, sentir e viver a sua vida. Basta que você esteja disposta a encarar que a responsabilidade da mudança é sua... E os milagres acontecem!

Quando o parceiro (a) pára de remar e você começa a reclamar..


Por natureza divina e humana, também, toda mulher tem imenso poder em sua alma e este poder é seu por direito e dele, ela pode conseguir o que desejar. Carrega na alma o poder de encantar, direcionar e conduzir pelo amor. Se você mulher, deseja sucesso, use seu amor interno, este poder do qual te falei e pare de optar pelo medo, dor, revolta, impaciência.
Se você deseja uma relação amorosa saudável, pare de controlar, dar ordens, espernear e ameaçar que vai embora e tudo vai acabar.
Use seu poder para inspirar seu parceiro. Troque a cobrança e a mágoa por não ser ouvida, pela motivação. Motive - o! Seja parceira, mas não esperando alguma mudança em troca, mas porque te faz bem usar esta força motriz para incentivar quem sua alma e seu coração escolheu para estar ao teu lado. Você é muito mais poderosa inspirando a mudança, dando o exemplo e não assumindo uma dívida carcerária, onde você e ele sentem - se presos...
Escolha sua luz e não a cobrança!
Escolha o amor e não a falta dele nesta relação!
Escolha o humor nos momentos de crise conjugal, relaxa e tenha compaixão com vocês dois, pois ambos estão no mesmo barco... E se ele parou de remar por algum motivo, se você parar também para concentrar sua força em cobrar, o barco pára... Se é para parar o barco, que seja para saber sobre o cansaço do outro e para comunicar o seu, com humor e calmaria.
Olhem a paisagem, sentem e se curtam, nem todas as embarcações precisam chegar a um destino específico, as vezes é mais divertido curtir a jornada e a companhia e deixar as cobranças e metas rígidas de lado... Para conhecer a presença do amor... E a verdadeira força que existe na mudança de atitude.
Antes de você cobrar e impacientar - se com o outro, saiba que aí dentro, é assim que VOCÊ se trata. Faça escolhas baseada no que você deseja para você. Coloque seu filtro no que deseja e pare de alimentar o que não te serve, nesta relação com você mesma e com ele.
Te desejo uma atitude inteligente emocionalmente e como resultado, um amor que te faça querer usar mais da sua luz!!

Você tem o direito de repensar sua palavra empenhada...




Guria linda, eu acordei com esta recordação hoje... Minha vó, a mulher que me deu colo e amor e que me protegeu não teve estudo nenhum, não formou - se em nenhuma escola ou faculdade tradicional da terra e assinava seu nome lentamente e com letra desenhada, tentando firmar a recordação das letras que guardou na lembrança... Mas quando eu tinha pouco juízo e lucidez, pois eu achava que bastava minha teimosia querer e tudo estava resolvido, ela, me disse o seguinte: - Namoro e noivado é para testar, saber e ter a certeza de que tu quer ficar para o resto da tua vida ao lado de alguém, com um sorriso de verdade estampado na cara. É a oportunidade de viver com alguém e saber que esta decisão é de verdade e feliz. Se dentro destes dois ciclos, namoro ou noivado, teu coração sentir que o teste já te provou o que tu precisava para te decidir, escolha ser feliz e se a felicidade está longe desta relação, arranca está aliança e vai ser feliz em outro lugar, com outro alguém.
Depois disto, eu nunca mais deixei de escutar na minha mente a voz e a sabedoria da mulher que mais me inspirou e que não precisou de nada além de me olhar nos olhos e ser doce e sincera em me mostrar algumas verdades, que eu teimava em fugir, e acreditava que decisões precipitadas tinham de ser levadas até o fim.
Guria, se teu coração está em dúvida ou apenas carente, saiba que você não é obrigada a nada e muito menos à convenções sociais somente porque já deu sua palavra.
Guris, porque não? Vocês também não são obrigados a nada, nem por vocês mesmos, a seguir um caminho que não trás ainda mais felicidade.

Seguindo o Coração!!


Queridos pacientes, alunos, amigos e pessoas que adicionaram - me para ficar em contato, de longe, com meu trabalho, passei para despedir - me. Despedir - me destes 8 e 10 anos dividindo - me e ao meu trabalho, entre a área de cursos na espiritualidade e atendimentos em consultório, com a Psicoterapia e Regressão de Memória Ética.
Por duas vezes orientei que esta página aqui: Paula Aguerre Aguerre, é minha página pessoal e particular, onde estão familiares, amigos, e pessoascom as quais me divirto sendo eu mesma. Aqui eu sou a Paula com um diário virtual, aqui eu brinco, posto besteiras equilibradas, interajo e rio muito!! Aqui não tenho a máscara profissional, mas lanço alguns de meus trabalhos. Sempre peço que todos adicionem minhas páginas de trabalho, mas não adianta, todos me buscam aqui e confesso, gosto de fazer as amizades que constituí por aqui. Sejam bem vindos para permanecer comigo aqui.
A partir deste momento que escrevo, estou deixando para trás quase uma década de trabalho e cursos. Meu foco agora é na nova área que meu coração guiou - me, o Papo de Coaching para mulheres. A partir desta data, deixo de atender homens, na parte psicoterapica e inicio um trabalho aprofundado com mulheres. Os meninos que estão comigo e que acompanham meu trabalho, sejam bem vindos às minhas páginas e á Página Papo de Coaching para mulheres, pois nada mais gostoso do que um homem antenado, por dentro da espiritualidade e acompanhando o universo maravilhoso feminino.
Continuarei atendendo pacientes, homens, com o Reiki.
Deixo partir a Regressão de Memória, a Psicoterapia e muitos cursos na área da espiritualidade daqui para frente e conto com a compreensão de todos.
Agradeço a todos que acompanham - me a tantos anos e sou muito grata por todo carinho, respeito e admiração que encontrei em cada um de vocês. Despeço - me com certa dorzinha dos que acompanhei com regressão e cursos e que agora seguem outro caminho, mas guardo a certeza de que estou em paz com esta decisão e que cumpri minha missão no ciclo que se encerra.
Peço que curtam a minha nova página Papo de Coaching... E uma Dose de Espiritualidade, pois lá, estarão os agendamentos, divulgação de cursos e textos.
Esta nova página vai oferecer dicas de Coaching, pois o profissional Coach, nada mais é do que o profissional que auxilia o indivíduo a alcançar o estado desejado de forma objetiva e sem perda de tempo desnecessário.
Gratidão.

Pânico de segunda - feira!!!


Quando é que você vai assimilar que somente quando você decidir trabalhar no que ama, você vai parar de sofrer com a segunda - feira?
Você sabia que tem terapia, exercícios, reprogramação mental para você auto - ajudar - se a dar o pontapé que falta para ter a vida dos seus sonhos?
É fácil? Talvez, tudo vai depender do quanto você deseja amar ‪#‎segundas‬ - feira e viver na sintonia financeira que você deseja.

‪#‎trabalhando‬ ‪#‎em‬ ‪#‎mim‬ ‪#‎mesma‬
‪#‎para‬ ‪#‎cada‬ ‪#‎vez‬ ‪#‎mais‬ ‪#‎ter‬ ‪#‎e‬ ‪#‎ser‬ ‪#‎o‬ ‪#‎que‬ ‪#‎me‬ ‪#‎faz‬ ‪#‎bem‬
‪#‎se‬ ‪#‎eu‬ ‪#‎consigo‬ ‪#‎você‬ ‪#‎também‬ ‪#‎consegue‬
‪#‎gratidão‬

Pare de tentar fazer com que os outros se encontrem... É você quem está perdido!!


Quando aprendemos a fazer a conexão interna, eu e eu mesma (o), e aprendo a ver meus defeitos com compaixão, pois entendo e vivencio que sou imatura (o) e não maldosa (o) quando erro, acabo por conectar - me com pessoas que acreditam no mesmo, que gostam de fazer a conexão consigo mesmas, que vêem seus defeitos e apaixonam - se por eles, pois sabem que o foco para melhorar um defeito, vai liberta - las e leva - las onde desejam.
Pare de apaixonar - se por pessoas com pseudas perfeições e comece a voltar a atenção para você. Há uma Lei Universal que age da seguinte forma e ninguém foge dela enquanto não dançar conforme a Lei: semelhante atrai semelhante. Você atrai pessoas e situações que são você, consciente ou a parte inconsciente de você.
Então, pare de perder tempo tentando entender os defeitos do outro, tentando fazer o outro encontrar - se, é VOCÊ que está perdido!! Encontre - se dentro de você com uma boa viagem interior, ou uma terapia, e você vai começar a atrair gente imperfeita, mas disposta a modificar- se para melhor, que deseja caminhar lado a lado com você.
Ame e cuide dos seus defeitos e você vai apaixonar - se realmente, por quem realmente importa, VOCÊ!
Está na hora de você decidir até onde, tentar mudar alguém te faz feliz. Está na hora de você decidir se é este tipo de pessoa que você quer atrair, pois a crença de que temos de salvar as pessoas da nossa vida, existe e precisa ser ressignificada.
Salve - se a si mesmo e o tempo desperdiçado para fazer salvamentos que não acontecem, por mais dedicado que você se mostre, será usado para você se curtir e viver suas paixões.
Te desejo coragem para decidir parar de TENTAR salvar os outros.

Um amor pra vida toda não é merecimento de alguns, mas de todos!!



"Quero te namorar, quero ficar perto do seu coração... Quero ter você a vida inteira... E quando a gente se beijar no banco da praça ou na areia do mar, vai ser pra valer... A vida inteira"... (Raça Negra) ‪#‎amo‬

Se você pode sentir isto, se você consegue emocionar - se com a sensação que a letra dispara, você está pronta (o) para iniciar o processo de atrair seu desejo ou sonho. O que você precisa fazer é acreditar, mesmo que não saiba como, onde, quem, de que maneira. Isto é serviço do universo, não se meta. Sua tarefa é manter a sensação emocionante do que você deseja, pelo maior tempo possível, dentro de você, mesmo que a descrença venha lhe testar.
Se você quer um amor, seja amor, trate - se com amor e respeito. Seja amor interno ao fazer escolhas e tirar as armadilhas do caminho. Armadilhas são todas as pessoas, situações e decisões que te desfocam do objetivo, do seu sonho, do seu amor.
Se você deseja um amor, não acolha armadilhas em forma de parceiros (as) que te dêem menos do que você SABE que merece. Se é um amor que você deseja, comece se cuidando, mimando, autoconhecendo - se, porque no momento que você conhece aí dentro o que você realmente quer e nada vai te demover, nem sua melhor desculpa esfarrapada, você move o impossível.
Quando você sabe o que quer, que tipo de parceiro (a) você quer e como se trata para ser tratado pelo outro, não é qualquer um (uma) que você vai conseguir enganar - te que está preenchendo seus sonhos.
Te desejo autoconhecimento!!
Te desejo foco aí dentro!!
Te desejo um auto - amor imensurável, porque quando nos amamos, respeitamos e trancamos os pés com nossas imaturidade apressadas, o maior romance do mundo acontece... Um romance com nós mesmos, o qual vai durar a vida inteira!! E de presente, o teu amor em forma de parceiro (a) chega... Para agregar o que você já se deu.
Ninguém poderá te dar o que você não se dá. Entendido?
‪#‎Bom‬ ‪#‎Dia‬

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

As nuances que envolvem os bastidores dos suicídios.




Não tenho receios de dizer que antes do meu equilíbrio e de minha formação na área da saúde mental eu fui paciente e uma mente focada no desfecho do suicídio. Ainda recordo o tempo de desequilíbrios emocionais e mentais em que estive inserida no meio do turbilhão que se transformou minha vida na fase em que tomei contato com minha mediunidade e não sabia o que era e por que eu sentia todo aquele mundo que os olhos físicos não podiam vislumbrar.

Lembro pouco dos momentos de crises, pois dentro deles, era um fio tênue, onde eu estava equilibrada e de repente um gatilho me levava para dentro da crise inconsciente, onde eu me debatia entre o planejamento da minha morte física e a vontade de estar fora de toda aquela situação. Lembro a última vez em que eu planejei e ia cumprir... Lembro que eu estava tão desesperada e perdida internamente e até hoje me admiro do meu poder de manipular as pessoas para que elas não notassem o que eu sentia ou desejava fazer. Era incrível a linha tênue que me separava da realidade e da loucura, eu vivia perambulando entre elas sem nem ao menos divisar onde iniciava uma e onde começava a outra, tão unidas estavam.

Naquele período eu lembro que a dor emocional era grande, pesada de mais para que eu conseguisse suportar sozinha, eu tinha nas mãos a responsabilidade de um recém nascido, minha adolescência desequilibrada, o divórcio traumático dos meus pais e uma paixão desde o período infantil que me deixou sozinha para cuidar de uma criança, a qual eu nem sabia exatamente como aceitar, como cuidar, como entender... Por trás do que eu demonstrava, dos sorrisos forçados e do choro que eu reprimia, eu me sentia enlouquecida, cega de medo e sem nenhuma luz no fim daquele túnel no qual eu tinha me inserido por imaturidade, imprudência e teimosia.

Naquela noite, depois de muitos meses sem dormir e com aquela criança ao meu lado, onde todos me cobravam responsabilidade e atitudes e me culpavam por aquele desfecho, eu entrei em surto, caminhei pela casa alienada, chorando desesperada e sem conseguir raciocinar direito, eu sentia dentro do meu peito e de minha consciência que eu jogara fora todos os meus sonhos, todos os planejamentos e que havia perdido tudo que me dava arrimo e forças para seguir... Sentia que tudo que eu fazia não era suficiente para aqueles que me cobravam e exigiam uma postura que eu não me sentia pronta para arcar... Naquela noite eu estava sozinha em casa, só eu e uma criança... Eu ouvia vozes que sussurravam aos meus ouvidos que eu não era nada e que eu devia ir embora por que eu me tornara um fardo e uma derrotada, pois colocara tudo a perder com minhas escolhas... Eu estava tão enlouquecida com aquela voz que sussurrava aos meus ouvidos cansados, aquela criança que não dormia, chorava, exigia tanto das minhas forças físicas que eu era um pálido fantasma do que eu fora um dia... Que eu ergui tão alto o volume do som, com uma música eletrônica, que o barulho era insuportável e me ajoelhei no chão em desespero, chorei tanto, tanto que me senti ainda mais sem forças... Naquele instante eu pedi por algo que me soerguesse, que me fizesse entender aquela dor que eu tentava esconder de todos, para não incomodar... Eu rezei para algo, ou alguém, eu não lembro... Eu pedi que aquele desespero cedesse e que aquela voz invisível, que me agredia, me deixasse em paz...

Quando dei por mim eu estava na porta do corredor, indo em direção a gaveta de facas, na minha mente aquela voz já me explicava como eu deveria fazer, usando os pulsos, andei mais um pouco e senti medo, foi uma sensação de consciência, pois por uma fração de segundos eu havia fugido da realidade e estava obedecendo aquele impulso desesperado de acabar com aquela falência de futuro que me esmagava, com aquela dor que apertava e destruía meus sonhos e minhas possibilidades de me sentir melhor...

Naquele momento eu olhei a gaveta, vi as facas e vi o que deveria fazer com meus pulsos... E eu chorei, por que eu não conseguia entender direito o que se passava e como eu me encontrava naquela situação, decidindo por uma forma de acabar com aquela situação exorbitante que me arrancava tudo que eu havia sonhado e planejado... Neste momento eu chorei minha dor de outra forma, eu queria estar viva, mas eu não tinha mais forças para suportar o que eu estava vivendo. Eu amava aquelas pessoas, mas, não suportava mais ser cobrada a dar – lhes algo que eu não tinha forças para lhes retribuir... Eu sabia de minha responsabilidade com aquela criança que chorava noite e dia e que não dormia durante meses, mas eu não sabia o que fazer para aplacar aquele cansaço que eu sentia no meu corpo, na minha mente e na minha alma...

Eu segurei a faca e respirei... E uma voz suave sussurrou aos meus ouvidos com todo amor que eu não estava sozinha e que havia outra forma de vencer tudo aquilo, todo aquele desespero... Do meu outro lado a voz insuportável me disse para continuar...

Eu senti tanto amor na voz do outro lado que minha atenção se prendeu a ela... Era a voz masculina mais doce e amorosa que minha alma cansada e saudosa já havia escutado... Em meio a toda aquela dor e desespero, em meio ao cansaço e cobranças de todos aqueles meses, fora a única voz que não me cobrou, mas me fez acordar do transe e ver uma nova luz dentro do meu turbilhão de emoções... Ele soprou aos meus ouvidos que estava sempre comigo e que me amava, que eu me permitisse uma nova chance, pois dali para frente eu conseguiria um novo rumo, uma nova esperança para não sentir tanta dor...

Eu larguei o que tinha em mãos e fechei a gaveta...

Daquele dia em diante ele nunca mais ficou invisível aos meus olhos físicos, daquele dia em diante eu fui guiada para um novo mundo que estava apenas escondido dentro de mim...

Daquele dia em diante eu fui me recuperando aos poucos, ainda escondendo minha dor dos que estavam comigo... Daquele dia em diante aquela voz me levou a um mundo de autoconhecimento para que eu nunca mais me perdesse de mim mesma e desse o direito de outras vozes me guiarem...

Longos anos se passaram desde aquela noite em que rezei ajoelhada me preparando para não sentir mais aquela dor descomunal e aquela sensação de que todo mundo me abandonara. Daquele dia em diante eu dei o melhor de mim, aceitei meus monstros e fui em busca daquela sensação que a voz havia me falado, a qual me levaria a um mundo novo.

Embasada em minha própria dificuldade emocional e em meus registros inconscientes, ainda por muitos anos eu lutei desesperada e silenciosa contra o desejo do suicídio. Centenas de noites eu chorei desesperada e calada, e nunca mais esqueci de pedir que aquela voz amorosa me ajudasse a ter forças para seguir em frente...

Durante muitos anos eu me trabalhei para aceitar aquela criança, para aceitar o novo corpo que a maternidade me dera, a separação e os anos de dificuldades de meus pais... E o abandono da minha primeira paixão de infância.

Dentro de todos aqueles anos, eu escolhi cuidar de mim e no caminho a voz me mostrou que eu seria ainda mais completa e feliz levando atenção e autoconsciência para aqueles que sentiam o mesmo monstro em que eu me debatia silenciosa. Escolhi a profissão que exerço hoje e deixei meus “pré – conceitos” de lado, abraçando com amor e respeito aquela voz que me tirou da alienação do suicídio e me conduziu a um mundo de paz e amor. Deixei o lado tradicional e inseri no meu trabalho a parte espiritual que dava norte aos navegantes que debatiam – se com os vendavais do suicídio... Eu sabia o que estavam sentindo, eu era um deles e eu sabia que havia outra estrada e queria que um sopro suave os alcançasse antes de escolherem a morte do corpo.

No processo eu estudei durante anos, tive casos de suicídio dentro de minha família que se consumaram e virei uma observadora do mundo extrafísico que os humanos não viam... Atuei em muitos casos e cuidei do meu próprio na parte espiritual, enquanto eu escancarava minha alma para um psicoterapeuta que me ajudava a escolher minha vida enquanto minha mente rebelde gritava por um desfecho rápido através da morte.

Durante meu processo de recuperação eu passei por sessões de regressão onde um mundo inconsciente se descortinou aos meus olhos, eu havia sido uma suicida por mais de 400 vidas, num eterno desassossego de alma, rebelde demais para aceitar aquela voz que sempre viera soprar aos meus ouvidos que havia uma outra possibilidade de sair com êxito de tudo aquilo que me engolia e não me deixava vir à tona. Presenciei a vida da minha alma e o que morria eram meus corpos físicos e nunca eu mesma, pois depois dos desfechos trágicos, eu acordava em outros locais, sentindo os estertores das mortes que eu planejava e levava a cabo.

Presenciei o horror de viver anos, morta, e ao mesmo tempo viva, relembrando desesperada a cada minuto o ato de matar meu corpo. E a voz me explicou que eu era rebelde, teimosa e que sempre renascia para vencer aquele ato horrendo, mas nunca me permitia a paciência necessária para vencer e seguir vitoriosa.

A voz me disse que eu era a criatura mais teimosa que já conhecera, e que minha teimosia um dia me abriria portas... Naquele momento eu não entendi o que ele queria me dizer, mas eu confiei na sensação que ele despertava na minha alma, na confiança que eu sentia na presença dele. Rebelei - me muito, muito mesmo, ao ponto de nem mesmo eu me suportar, mas eu aceitei que era hora de um desfecho diferente e eu estava cansada de me matar e não morrer nunca. Estava cansada de formular mortes e levar a cabo com todo tipo de ferramentas, do veneno, o tiro, ao câncer, que era hora de lutar contra eu mesma e não mais contra o que os outros me faziam ou exigiam, era hora de eu entender que a responsável era eu e que só eu poderia mudar aquela situação caótica. Eu não queria mais matar meus corpos físicos e acordar em locais espirituais de tortura, onde eu era arrastada para todo lado, mal tratada, ridicularizada, onde eu sentia dor eternamente e me via matando meu corpo e o sofrimento dos que eu abandonava por não aceitar a vida como ela se apresentava.

A voz me fez ver que eu queria controlar tudo e viver dentro de uma perfeição que não existia, quando eu me defrontava com pessoas ou situações fora do que eu queria, como forma de vingança, eu matava meu corpo, achando que me livraria de todos e de tudo...

- Coitado daquele que acredita que tudo acaba, eu digo que depois do ato do suicídio, aí é que começa tudo, por que você vai ter que ressarcir o que fez, você burlou a lei, matou, tirou a vida de alguém, mesmo que este alguém seja você mesmo. Infeliz daquele mais apressado e rebelde que não aceita o que ocorre e acredita que tudo vai se apagar e vai virar uma escuridão sem sentidos. Quando o suicida abre os olhos do outro lado, o que o espera é milhões de vezes mais grave e aterrorizante do que o que ele vivenciava em vida física.

Eu estava morta, mas continuava presa no corpo físico que se decompunha no local do assassinato...

Eu estava morta, mas continuava sentindo o veneno corroer minha garganta e meu estômago...

Eu estava morta, mas continuava ouvindo os gritos de desespero dos que me amavam e que eu colocara naquela situação terrível...

Eu estava morta, mas era arrastada por seres escuros pela eternidade a fora...

Eu estava morta, mas continuava sentindo o desespero que sentia antes da morte física...

Eu estava morta, mas continuava solitária, sem amor, sem braços que pudessem me tirar daquele lugar de sombras e gritos medonhos...

Eu estava morta, mas continuava sentindo frio, fome, medo e saudade...

Eu estava morta, mas continuava pendurada na corda, sufocada, tentando me salvar no último momento de desespero em que meu copo sacudia desesperado...

Eu estava morta, mas continuava, mesmo sem um corpo físico...

Eu escrevo e minha mente pensa sobre os milhares de adolescentes, crianças e adultos que se perdem através desta decisão... Não me importo se é forte ou não o que escrevo, por que eu escrevo com consciência de causa e não por que alguém me contou. Eu só quero que você saiba que a vida não acaba, a dor não acaba com a morte do corpo físico, a morte não existe e principalmente, eu quero que você saiba que por mais horrível que seja o que você está vivendo, há sempre uma voz carinhosa, um caminho diferente, que tenta te guiar e você cego nem nota, envolvido demais em pensar que tudo tem que acabar...

A única coisa que acaba é o sofrimento, por que ele não é eterno, sempre vai existir uma forma de você revalidar o que está vivendo...

Sempre que você estiver em um corpo físico, lembre – se que a dificuldade que está vivendo só lhe foi entregue por que você aceitou e teve certeza de que conseguiria vencer... Nada é colocado na sua vida sem que você tenha forças para resolver.

Saia do turbilhão, reza, ore, converse com alguém, com algum poder que você creia, ou queira crer, nem que seja ajoelhado escutando uma música infernal, desde que você peça ajuda, eles vão interferir. Nenhum protetor espiritual vai te ajudar se você não der permissão, eles te amam demais para interferir no seu livre arbítrio.

- Agora, cá entre nós, pois eu já estive no seu lugar e luto ainda contra esta personalidade suicida, se você quer matar seu corpo, não diga que não foi avisado.

- E eu repito para você, se você ainda não entendeu: - A morte não existe e a dor não é eterna. Você só tem em sua vida aquilo que vai te fazer ainda mais forte, se dê um voto de confiança antes de optar pelo suicídio e você vai se surpreender com sua força e seu potencial de vencer.







Obs:

“Organização Mundial da Saúde (OMS) realizou o primeiro relatório global sobre o assunto. Uma pessoa tira a vida a cada 40 segundos no mundo. Em números, o Brasil é o oitavo país com o maior número de suicidas, onde teve quase 12 mil casos em 2012. A taxa, porém, corresponde à metade da média mundial, se for levado em conta o tamanho da população no país. A OMS aponta, ainda, que grupos vulneráveis como refugiados, imigrantes, índios, homossexuais e transgêneros apresentam índices superiores à média.

O suicídio mata 26 brasileiros por dia.

Fonte CVV”.



Paula Aguerre



Psicoterapeuta / Habilitação para Regressão Ética.